Home
11 3855-0355 / 11 3857-0355
vendas@exacta.ind.br

Características dos termopares

CARACTERÍSTICAS DOS TERMOPARES
A escolha de um termopar para um determinado serviço deve ser feita considerando todas as possíveis variáveis e normas exigidas pelo processo. Portanto, forneceremos alguns dados para orientação na escolha correta dos mesmos.

A tabela abaixo relaciona os tipos de termopares e a faixa de temperatura usual, com as vantagens e restrições:

TIPO ELEMENTO POSITIVO ELEMENTO NEGATIVO FAIXA DE TEMPERATURA USUAL CARACTERÍSTICAS RESTRIÇÕES
T Cobre (+) Constantan (-) -184 à 370ºC Podem ser usados em atmosferas oxidantes, redutoras, inertes e no vácuo. Adequados para medições abaixo de zero graus. Apresenta boa precisão na sua faixa de utilização. 1) Oxidação do cobre acima de 310ºC
J Ferro (+) Constantan (-) 0 à 760ºC Podem ser usados em atmosferas oxidantes, redutoras, inertes, e no vácuo. Não devem ser usados em atmosfera sulfurosas e não se recomenda o uso em temperaturas abaixo de zero graus. Apresenta baixo custo. 1) Limite máximo de utilização em atmosfera oxidante de 760ºC devido à rápida oxidação do ferro.

2) Utilizar tubo de proteção acima de 480ºC
E Níquel Cromo (+) Cobre Níquel (-) 0 à 870ºC Podem ser usados em atmosferas oxidantes e inertes. Em ambientes redutores ou vácuo perdem suas características termoelétricas. Adequado para o uso em temperaturas abaixo de zero graus 1) Baixa estabilidade em atmosfea redutora.
K Chromel (+) Alumel (-) 0 à 1200ºC Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Ocasionalmente, podem ser usados abaixo de zero graus. Não devem ser utilizados em atmosferas sulfurosas. Seu uso no vácuo é por curto período de tempo. 1) Vulnerável em atmosfera sulfurosa e gases como SO2 e H2S1, requerendo substancial proteção quando utilizado nessas condições.
S



R
Platina 90%
10% Rhódio
(+)

Platina 87%
13% Rhódio
(+)
Platina 100%

(-)

Platina 100%

(-)
0 à 1600ºC


0 à 1600ºC
Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Não devem ser usados abaixo de zero graus no vácuo, em atmosferas redutoras ou atmosferas com vapores metálicos. Apresenta boa precisão em temperaturas elevadas. 1) Vulnerável a contaminação em atmosferas que não sejam oxidantes.
2) Para altas temperaturas, utilizar isoladores e tubos de proteção de alta alumina.
B Platina 70%
30%Rhódio
(+)
Platina 94%
6% Rhódio
(-)
870 à 1795ºC Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Não devem ser usados no vácuo, em atmosferas com vapores metálicos. Mais adequados para altas temperaturas que os tipos S/R. 1) Vulnerável a contaminação em atmosferas que não sejam oxidantes.
2) Utilizar isoladores e tubos de proteção de alta alumina.
N Nicrosil (+) Nisil (-) 0 à 1260ºC Excelente resistência a oxidação até 1200ºC. Curva FEM x temp. similar ao tipo K, porém possui menor potência termoelétrica. Apresenta maior estabilidade e menor drift x tempo. 1) Melhor desempenho na forma de termopar de isolação mineral.


Voltar